27 de maio de 2010

"agora eu vou cantar pros miseráveis
que vagam pelo mundo derrotados
pra essas sementes mal plantadas
que já nascem com cara de abortadas

pras pessoas de alma bem pequena
remoendo pequenos problemas
querendo sempre aquilo que não têm

pra quem vê a luz
mas não ilumina suas minicertezas
vive contando dinheiro
e não muda quando é lua cheia

pra quem não sabe amar
fica esperando alguém que caiba no seu sonho
como varizes que vão aumentando
como insetos em volta da lâmpada

vamos pedir piedade
senhor, piedade
pra essa gente careta e covarde
vamos pedir piedade
senhor, piedade
lhes dê grandeza e um pouco de coragem"

[blues da piedade - cazuza]

para as pessoas que assim como eu são fãs da lua cheia.
para ela, que estará linda e poderosa no céu de hoje e de todo o final de semana, inspirando nossas noites.
para nós que mudamos sim sempre que ela aparece, formosa e redonda.
(e para nós, que adoramos um lobisomem! rsrs)

4 comentários:

Troll disse...

Vai dizer que são fases, mas é máscara, essa coisa de lua.

Quando não sorri, crescente, dá as caras, imensa e estampada na noite. Ou observa, minguante, com jeito de olhar furtivo.

Mas, mesmo escondida, mexe as marés. E somos todos parte dessas ondas, indo e vindo.

Adorei o blog. Uma boa lua cheia pra ti tbm.

rafa disse...

Incrível a letra do Cazuza, preciso conhecer mais...
Entendo que todos somos Lobisomens, quando despertos expressamos nossas emoções de forma natural e até bruta, nossos instintos primitivos. A lua cheia pode ser qualquer coisa que catalise essa transformação, algo que te faça se sentir parte do todo e livre ao mesmo tempo, pode ser um perfume, um olhar ou mesmo uma cerveja.

ricardoporcas disse...

LUA CHEIA , DE GRAÇA !

Princess Deluxxe disse...

tava linda mesmo!
=)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...