5 de janeiro de 2010



estou aqui ouvindo jamie cullum e muse. lembrando das poucas vezes que toquei piano a quatro mãos. como era bom! uma única vez com alunos da escola onde eu estudava quando criança, algumas vezes com uma prima e muuuuuitas vezes com meu irmão, mandávamos super bem no improviso.
mas depois de ver esse violão a quatro mãos o piano perde a graça... (ou não...) quanta sincronia! e romântico, não? rsrs

quatro mãos é isso! vai bem na música e também em (quase) todas as situações desse difícil/fácil viver. sincronia, cumplicidade, duplos sentidos, triplos sentidos, e por aí vai! ;)

e uma vontade profunda de ter uma bateria...
talvez eu compre um pandeiro pra enganar um pouco essa vontade... ¬¬ hehehe tem hora que vou escrevendo de forma espontânea o que vem na minha cabeça que até dá vontade de segurar o shift por um bom tempo. mas deixa pra lá! pra que ser egoísta, ne? bora compartilhar!

post dedicado ao giordano e à talita. violão sempre me lembra gio, e piano sempre me lembra talitinha! ^^

hasta!

2 comentários:

Samuel Giacomelli disse...

E bateria te lembra quem?
Apoio a compra!!!
Se assim for te acompanho no trompete!
Prometido! :]

Besos

Natalia Paiva LLorens disse...

eu queria saber tocar algo... nao sei fazer musica alguma =(
Guaraná jesus é um refri que só vende do maranhão. é cor-de-rosa e delicioso. =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...